UM LIVRO “EXTRAORDINÁRIO” – Resenha

Se tem uma palavra que define esse livro é o próprio título, extraordinário! Auggie Pullman, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade... até agora. Um manifesto sobre gentileza!

Resenha Extraordinário

Se tem uma palavra que define esse livro é o próprio título, extraordinário!

Leia mais

SINOPSE: August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade… até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

Leia mais

EXTRAORDINÁRIO: UM MANIFESTO SOBRE A GENTILEZA

O fato de praticamente todos os personagens escreverem seus próprios capítulos é um diferencial e tanto, assim você se apaixona por todos eles. Mas além disso, acrescenta uma camada mais profunda a história, na qual você sabe os dois lados da situação. É possível julgar uma mãe como “errada” quando ela está fazendo o que é melhor para o seu filho?A mente de uma criança é sempre um turbilhão, a de Auggie , mais ainda. Ele sabe que é diferente e sabe que seus pais dizerem algo sobre ele tem um peso diferente de todo o resto do mundo que não convive com ele. Lição número 1, na escola da vida, e na Beecher Prep também: Nunca julgue alguém pela aparência.Um ponto muito emocionante na história é a relação de Auggie com sua família, que nem sempre é “perfeita”, mas é fundamental na vida dele. Sem os sermões da sua mãe, as brincadeiras do seu pai e o apoio da Via, é certo que Auggie seria outra pessoa.A atenção dada para a Via também é um toque de amor a mais a história. Ela sabe que o Auggie precisa de atenção, mas a autora não deixa de mostrar como a irmã também tem suas vontades e gosta de atenção dos pais. Ela não é deixada de lado em nenhum momento.O protagonista nos apresenta seu desafio logo no começo da história: ir a uma escola regular e sobreviver ao quinto ano. O cientista, que não tem medo de pegar a eletiva de ciências e adora Star Wars e tudo que o universo envolve nos mostrará mais sobre vida.

Leia mais

SOBREVIVENDO AO QUINTO ANO

Sobreviver, esse é o termo que Auggie usa para descrever o que ele espera da escola. Embora a maior parte das crianças não goste da escola e prefira ficar em casa brincando ou vendo TV, para Auggie é diferente. Ele sabe que a sua aparência é incomum e queria até usar o seu capacete de astronauta. O problema não é ir a escola, afinal, ele gosta de estudar. O problema são as pessoas.Seus pais também tem certo de receio de leva-lo para a escola no início, no mundo lá fora, nem sempre as pessoas são gentis. Julian, um colega de classe, coloca em pauta outra faceta da narrativa, o Bullying e além disso mostra como muitas vezes, apenas reproduzimos comportamentos, sem pensar no seu impacto na vida dos outros.O livro foi adaptado para as telonas com maestria, sem perder um pingo da essência. Com certeza, vale a pena conferir. E estou falando sério quando digo que quase chorei só de ver o trailer de novo.

Leia mais

Além do livro citado, a autora escreveu outros livros sobre a história. Os livros são: Auggie & eu: três histórias extraordinárias e 365 dias extraordinários: o livro de preceitos do Sr. Browne.Ainda não tive a oportunidade de ler nenhum deles, mas quero assim que possível. E nesse trecho cabe uma menção honrosa a dois personagens incríveis: O diretor Buzanfa e o Sr. Browne, professores sensacionais, que ensinam muito mais do que “o bêabá”.Além disso vou deixar aqui uma música da trilha sonora do filme com uma mensagem inspiradora, e uma batida muito boa.

Leia mais

“É como se eu tivesse uma nova perspectivaE eu finalmente consigo verO que sempre esteveBem aqui na minha frenteE com essa perspectivaVou aproveitar tudoE eu finalmente irei me ver”

Leia mais

O que o capacete de astronauta representa para Auggie?

Sobre este, podemos compreender que um jovem garotinho apresenta deformações no rosto, por isso, sente-se sempre diferente diante dos demais colegas e do mundo.

Leia mais

Logo, o seu capacete atua como uma espécie de proteção, bem como de fuga da realidade, para que o mesmo possa se sentir seguro diante dos demais.

Leia mais

A resenha fica por aqui, espero que gostem e me conte nos comentários, se você já leu e o que você achou.Com amor, Ana Luiza Martins Cesario

Leia mais

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Pousada Nerd