5 mortes mais inesperadas do cinema

Conheça as mortes mais marcantes do cinema

Os grandes filmes sempre são aqueles que conseguem surpreender positivamente o seu público não acha? Pelo menos eu sempre pensei assim, onde a qualidade do filme aumentava muito quando o diretor ou roteirista entregava uma cena da qual você nunca iria prever, mas que, ao mesmo tempo, encaixa no enredo. Eu simplesmente acho incrível quando um filme ou anime entrega essas cenas.

Entre todas as cenas surpreendentes, talvez as que mais se destacam sejam quando o filme decide matar algum personagem da qual você não fazia ideia que estaria correndo esse risco. Quando um filme apresenta um plot desse tipo ele está arriscando muito a sua aceitação com o público, que pode ter um efeito muito bom ou muito ruim, mas com toda certeza é muito corajoso.

Alguns filmes famosos entraram para a história por algumas cenas como essas, por isso fizemos uma lista com os melhores filmes que apresentam mortes praticamente impossíveis de se prever e fazem com que vibre ou se entristeça da forma mais inesperada possível, ou até mesmo se tornar aquele filme que não sai da sua cabeça durante semanas por uma única cena.

Lembrando que esse post apresenta, logicamente, spoilers dos filmes citados. Então caso não tenha assistido a algum desses filmes, e não quer perder a experiência de se surpreender com ele pela primeira vez, não deixe de conferí-lo antes de ler a matéria completa.

ALERTA DE SPOILER!


Os Infiltrados (2006)

Billy Costigan no bar
Billy Costigan no bar

Os infiltrados é um filme incrível, que apresenta uma proposta bem dinâmica e diferente de se entregar um bom filme, com atores de muito peso como Leonardo DiCaprio, Matt Damon e Jack Nicholson. Além de ser uma obra do tão aclamado diretor Martin Scorsese, que não decepciona no seu plot twist e sequências insanas de morte.

Pouca gente sabe, mas esse filme é um Remake de um filme Chinês, lançado em 2002, chamado “Conflitos Internos”, onde o enredo é praticamente o mesmo, mas como vamos ver, a direção no Remake chama atenção para as mudanças positivas feitas no filme, o que resultou até na premiação do Oscar de melhor filme.

Mas a morte surpreendente, é a do até então protagonista do filme, Billy Costigan (Leonardo DiCaprio) que se infiltra em uma gangue da máfia com o objetivo de prendê-los, sem saber que, ao mesmo tempo, um dos integrantes da máfia faz a mesma coisa com a polícia de Boston. A morte de Billy chama a atenção pelo seguinte motivo: ela acontece de repente, e é totalmente inesperada.

Você pode gostar:  Como a toalha se tornou um símbolo nerd

Quando Billy finalmente decide prender um dos bandidos da gangue de mafiosos em que ele se infiltrará, ele pega o elevador junto ao seu escoltado em direção a delegacia, quando a porta do elevador abre, Billy leva um tiro na cabeça e cai, já morto, no chão do elevador, a cena é tão rápida que demora um tempo para quem está assistindo entender o que aconteceu, e mais tempo ainda para realmente se acreditar que o personagem está mesmo morto.

Essa está longe de ser a única morte do filme, em que muita gente morre, mas é a que causa mais impacto, não dá para prever que o personagem de onde a trama surge irá ser morto, e ainda mais de uma forma tão leviana, o que faz com que a obra fique surpreendentemente real, e muito boa! Apesar de ser um daqueles filmes que te deixa viúvo do protagonista no final do filme.

Um detalhe interessante desse filme, é que o diretor dá dicas, logo no começo do filme de personagens que irão morrer, colocando um “X” enquadrado atrás dos personagens que vão inevitavelmente morrer até o final do filme.

Ponte Para Terabítia (2007)

Leslie - Uma cena antes de sua morte
Leslie – Uma cena antes de sua morte

Nossa! Quão doloroso foi a morte mostrada nesse filme! Lembro de ser totalmente surpreendido quando criança na primeira vez que o assisti, lembro também que só consegui tirar um pouco o filme da minha cabeça quando comecei a acompanhar a atriz que fez a personagem em questão nas redes sociais, e aceitar que pelo menos ela ainda estava viva! É estranho pensar nisso, mas após adulto, conheci amigos que fizeram a mesma coisa que eu quando assistiram o filme para poder superar a tragédia apresentada na obra.

O filme apresenta um Casal de amigos formados por Leslie ( Annasophia Robb), e Jess (Josh Hutcherson) que se conhecem na escola e passam a brincar em uma floresta que fica atravessando um rio perto da casa dos dois. O filme é muito bem dirigido e tem cores e sequências muito bonitas e cativantes, onde eles imaginam as mais variadas fantasias em suas brincadeiras para superar os problemas que passam em suas casas e na escola.

A morte em questão é inesperada pelo seguinte motivo, logo após estarem voltando da floresta, a câmera foca em Leslie indo embora para sua casa de uma forma bem lenta, isso faz você pensar que está começando a existir um sentimento de Jess por Leslie, e o filme deixa isso bem claro com essa cena, porém, o filme queria passar ainda algo a mais com isso, essa cena tão demorada de despedida daqueles dois amigos também marcava a última vez que eles se veriam.

Você pode gostar:  10 Melhores personagens Geek da História

Jess um dia depois de se despedir de Leslie vai a um museu com sua professora e decide não chamar Leslie para ir junto, apesar de ter pensado na ideia, quando ele volta, fica sabendo de uma maneira abrupta que Leslie foi brincar na floresta sozinha e por um acidente no rio acabou falecendo, uma notícia chocante que muda totalmente o rumo do filme, e acaba marcando a ferro quem o assistiu com o coração na mão e com a esperança despedaçada de ver os dois amigos cultivando seu futuro romance.

Tropa de Elite 2 O inimigo Agora é Outro (2010)

Tropa de Elite 2 - Capitão Mathias apontando a arma
Tropa de Elite 2 – Capitão Mathias apontando a arma

Sim, existe um representante brasileiro nessa lista, e é um representante de peso e com uma morte que é um tiro nas costas de tão inesperado (literalmente). O filme é conhecidíssimo pela maioria dos brasileiros e acompanha a qualidade e o sucesso do primeiro filme, trazendo de volta o Capitão Nascimento (Wagner Moura)  agora mais velho e como Coronel.

Porém, o que mais surpreende, e revolta é a morte do Capitão Mathias (André Ramiro) que é praticamente o protagonista do primeiro filme, sendo o escolhido no final deste para substituir Capitão Nascimento no Bope, o que não se concretiza como mostra o segundo filme, pois o então agora Coronel Nascimento continua no Batalhão de Operações Especiais, agora com Mathias como capitão.

O que acontece é que no meio do filme, Mathias comanda a entrada da polícia em um morro fortemente dominado por traficantes, mas mal ele sabia que sua entrada no morro era um plano de policiais corruptos para poder implantar novas milícias nos locais liberados, ao final da operação, Mathias percebe que algo está errado e cobra explicações de seus superiores, porém logo após dar as costas, o capitão do Bope é covardemente baleado pelas costas e morre na hora.

A morte de Mathias é totalmente inesperada e covarde, o que causou muito espanto e revolta em quem assistiu ao filme, a tragédia também fica marcada na cena em que o coronel Nascimento descobre a morte de seu amigo já desconfiando que ele foi traído, onde Wagner Moura entrega uma atuação brilhante de raiva e tristeza.

O Sexto Sentido (1999)

Psicólogo Malcolm conversa com garoto Cole
Psicólogo Malcolm conversa com garoto Cole

Simplesmente um Clássico! Um filme com uma das maiores reviravoltas da história do cinema, e com certeza merece um lugar especial nesta lista. O filme conta a história de um garoto (Haley Joel Osmet) que tem problemas muito sérios para se relacionar, e diz ter contato com pessoas mortas, ele começa a se tratar com o psicólogo Malcolm Crowe ( Bruce Willis com cabelo ainda).

Você pode gostar:  Textos que você precisa ler antes que 2020 acabe

O diferencial desse filme para todos os outros dessa lista, é que a morte já aconteceu antes mesmo dos personagens serem apresentados, já que no final do filme é mostrado que Malcolm, na verdade, é só mais um dos espíritos dos quais o garoto enxerga, e que ele morreu já há muito tempo, mas ainda não se deu conta disso e continua vagando como um espírito acreditando ainda estar vivo.

A revelação é tão chocante quanto a obviedade dos sinais colocados pelo diretor do filme, do qual quando você assiste novamente, é totalmente notável que o personagem de Bruce Willis era um espírito, pois ele só interage com o garoto o filme todo e nem mesmo sua mulher chega a sequer direcionar um olhar para o pobre personagem que já morreu e nem disso ficou sabendo.

Patch Adams (1998)

Patch Adams em uma piscina de macarrão
Patch Adams em uma piscina de macarrão

Outro grande clássico, esse filme conta a história de um médico que percebe que tratar pacientes com amor e carinho, além de boas doses de humor, ajuda muito no tratamento de pacientes. A história é linda, baseada em fatos reais o que torna tudo ainda mais dramático.

A morte surpreendente em questão é da namorada do protagonista Carin ( Monica Potter), que o admira e ajuda na sua missão de ajudar pessoas que estão doentes a encontrar um pouco de felicidade. Ela vai ao auxílio de um paciente que pede ajuda a Patch, que não consegue comparecer, o paciente em questão, infelizmente acaba tirando a vida de Carin.

A cena dela entrando na casa do paciente para ajudá-lo e logo em seguida a cena de seu velório é impactante a ponto de fazer com que Patch Adams questione o seu método de tratamento e com certeza corta o coração de quem está assistindo, uma cena pesada e triste, que parece ter sido feita para ficar gravado na mente de quem acompanha o filme. Posso dizer que comigo funcionou, apesar de ter assistido o filme ainda muito criança, a cena é bem clara em minha mente, provavelmente foi exatamente essa a intenção do autor.

Filmes e a Pousada Nerd

Conhece alguma outra morte surpreendente em filmes famosos? Não deixe de comentar aqui tanto os filmes que te impactaram quanto  a impressão que os filmes desse post deixaram quando você os assistiu. E também nunca deixe de acompanhar o Pousada Nerd para continuar conferido o melhor do conteúdo Nerd e Otaku da internet!

Atenciosamente
Julio Bernardes

5 comentários em “5 mortes mais inesperadas do cinema”

  1. É…o cinema sempre deixa a gente meio que estático quando mortes inesperadas acontecem.
    Ponte Para Terabítia e Sexto Sentido doeram de formas diferentes, mesmo que no do Bruce, eu meio que já tivesse adivinhado.
    Um que marcou toda uma geração é a morte de Thomas no filme Meu Primeiro Amor. Puxa, até arrepia e a de Dobby em Harry Potter(principalmente no filme)
    E oh, Guido em A Vida é Bela. Mesmo temendo o desfecho, ele merecia uma vida. Ah, se merecia!!!!
    Adorei o post!
    Beijo

    Angela

  2. Olá Angela!

    Você me deu ótimas dicas pra uma possível parte dois dessa lista hein? Todos os filmes que você citou também me mataram um pouco junto dos personagens. Kkkk Assisti “A vida é Bela” ainda criança e lembro do choque que foi aquela cena, assim como “Meu Primeiro Amor” e Harry Potter. Por mais que doa, no final essas mortes mostram o respeito que que o autor tem pelo filme em mostrar um evento tão grandioso para quem assiste, o que acaba aumentando a qualidade do filme, e as vezes também nos faz chorar. 😅

  3. Olá Michele!

    De todas essa foi talvez a que me pegou mais de surpresa, o autor escolheu simplesmente jogar a cena na nossa cara, não deu nem tempo pra se preparar. Tudo nesse filme é incrível, e me deixa muito triste pensar que o Robin Willians já se foi.

  4. Pingback: Qual o melhor filme da franquia Harry Potter? – Pousada Nerd

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.