Como as empresas de anime ganham dinheiro?

Para quem é fã de anime já faz tempo, é possível entender facilmente a questão de quanto dinheiro a animação japonesa produz por ano no Japão. É fácil entender a razão por trás disso. Afinal, anime não é algo só para um público em específico. Por atingir diversas massas e ter muitos gêneros, as empresas de anime conseguem faturar milhões de yens todos os anos. Algumas delas conseguem até mesmo bilhões de yens. Porém, como isso ocorre? Entenderemos alguns fatores por trás do tamanho lucro que animes oferecem para essas empresas e também para a economia do Japão neste artigo.

Quais são as franquias de animes que lucram mais no Japão?

Antes de mais nada, você deve estar se perguntando quais animes, atualmente, lucram mais no Japão. A diferença entre os títulos que lucram mais não é de surpreender. Cada gênero atinge uma massa diferente, pois possui um certo público alvo em mente. Por isso, é possível ver entre esses animes shounens até mesmo animes de música e idols. A produção desses animes pode ter até custado caro, porém os ganhos foram tão grandes que isso nem mesmo importa para seus estúdios. Abaixo, confira 6 das franquias de animes que mais lucram dentro e fora do Japão.

Jujutsu Kaisen

Jujutsu Kaisen
Jujutsu Kaisen

Atualmente, Jujutsu Kaisen está no topo da lista tentando ultrapassar Demon Slayer como o número um em não apenas telespectadores, mas em muito mais que isso. Fora os ganhos com as visualizações de episódios em plataformas de streaming, o estúdio de Jujutsu Kaisen está lucrando 7,7 bilhões de yens. Com seu filme recente, a série ficou ainda mais badalada. Dessa forma, a franquia de JJK parece estar longe de parar por aí. Com essa quantidade de lucro, é bem capaz que haja muitas outras temporadas, OVAs e até mais filmes reservados para JJK no futuro.

Você pode gostar:  Divulgado novo visual e vídeo promocional para a 4° temporada de "Overlord" — Apenas um fã de animes isekai

Demon Slayer

Kimetsu no Yaiba (2019)
Kimetsu no Yaiba (2019)

Demon Slayer se tornou um sucesso mundial ao redor do globo e principalmente no Japão. A história é intrigante e possui uma das melhores animações e traços da atualidade. O estúdio desse anime está, atualmente, lucrando 900 bilhões apenas com ingressos vendidos para seu filme. Dá para imaginar o lucro em geral com essa franquia, contando com o anime, itens de colecionador e mais?

Love Live

Love Live! Sunshine!! (2016)
Love Live! Sunshine!! (2016)

Quem gosta de animes de música sabe que Love Live e todas suas temporadas são uma referência nesse gênero. Há quem ame e quem não goste tanto, porém a indiscutível influência dessa série no Japão é reconhecida por todos. Love Live é um projeto multimídia com anime, filmes, mangá, músicas e até mesmo shows ao vivo. Ao todo, LL consegue faturar mais de 50 milhões de yens todos os meses do ano. Ou seja, é um número extremamente alto. Atualmente, existem três grupos musicais ativos que fazem shows ao vivo periodicamente. Na maioria das vezes, todos os ingressos são comprados.

Uma Musume Pretty Derby

Uma Musume Pretty Derby
Uma Musume Pretty Derby

Outro exemplo de anime de música que conquistou todo mundo. Esse anime pode parecer um pouco estranho de primeira, tendo base em cavalos de corrida do Japão. No entanto, ele é outro exemplo de projeto multimídia que faz sucesso no país e fora dele. No total, Uma Musume faturou 10.001.354.165 yens só em 2021. Para comparação, isso é o dobro de One Piece.

Dragon Ball Z

Dragon Ball Z (1989)
Dragon Ball Z (1989)

Um anime lendário e uma franquia que todos conhecem. Dragon Ball Z é um dos animes que mais lucrou de todos os tempos. Em seu auge, DBZ chegou a lucrar 5.435.975.985 apenas em 6 meses.

Você pode gostar:  9 animes parecidos com Dragon Ball (1986)

Entenda como as empresas de anime ganham dinheiro

Sabendo que essas empresas lucram bilhões por ano, é preciso entender como. Afinal, qual o tamanho sucesso do lucro desses estúdios? Será que existe uma explicação por trás desses números tão expressivos? Entenderemos mais abaixo.

Custos de animação

Os custos de animação precisam ser cobertos contratando um estúdio. Dessa forma, a principal maneira que uma empresa de anime possui de lucrar é oferecer seus serviços de animação. Por exemplo, um anime noturno, que passa entre as 8 e 10 horas da noite, leva em torno de 5 milhões de reais para ser produzido por completo. Obviamente, o lucro não é todo utilizado para diversão. Os estúdios controlam suas finanças para poder pagar funcionários e terceirizar certos setores. Muitos decidem contratar profissionais freelancer para ilustrar, por exemplo.

Podemos aprender ciência com anim...
Podemos aprender ciência com animês? Análise de Fullmetal Alchemist

Comitês de Produção

Muitos já devem ter ouvido sobre os comitês de produção, porém pouco é explicado sobre o que seria um. O comitê de produção é o que vem antes de qualquer consideração de custo de animação usando um estúdio de anime contratado. Ele é um conceito simples: grandes empresas de produções, como a Netflix por exemplo, reúne seus diretores para decidir se é possível financiar ou não uma série nova de anime.

A decisão é feita tomando em consideração diversas coisas: o público alvo, se a história é boa, quem é adequado para ser contratado para ilustrar e animar esse anime, se o gênero é atual e famoso no momento, se há uma estratégia de marketing necessária para popularizar essa nova série, entre outras questões primordiais.

Aposta em um projeto de multimídia

Claro, um projeto como Uma Musume e Love Live pode necessitar de um budget muito extenso. No entanto, o lucro obtido através de projetos como esse é duas vezes maior que seus gastos. Por exemplo, se um anime investe na animação para um serviço de streaming, em um filme, em um mangá, em um jogo de Gacha e em vários itens de colecionador, isso pode trazer ganhos extremamente altos para o estúdio produtor.

Você pode gostar:  Séries estilo Masterchef na Netflix

Sendo assim, você pode encontrar cada vez mais exemplos de projetos como esses por aí. Muitos animes apostam em ter jogos, animes, filmes, OVAs e mais ao mesmo tempo. Dessa forma, eles podem ter diversos públicos ao mesmo tempo. Quem não assiste animes, pode apostar em fazer o download do jogo e vice versa. Sendo assim, uma massa mais ampla pode ser atingida. Da mesma forma, cada vez mais pessoas gastam com a franquia.

Aproveite para nos seguir no Google Notícias e ficar por dentro de todas as novidades do site.

Imagem padrão
Camille Paoleschi

Me chamo Camille, tenho 19 anos e escrevo desde minha infância. Atuo como redatora de conteúdo e sou apaixonada em animes de vários gêneros, desenhos animadoa e video games. Tenho um interesse enorme por idols, Vtubers e suas seiyuus.

Artigos: 57

Atualizações da newsletter

Digite seu endereço de e-mail a seguir para assinar a nossa newsletter

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.