Animes

Como surgiram os animes?

Qual a origem dos animes

Os animes são um fenômeno em todo o mundo, é bastante pesquisado na web, principalmente por aqueles que curtem gêneros de desenho animado de origem japonesa. Mas, qual a origem dos animes? Porque fazem tanto sucesso entre pessoas de todas as idades?

A Origem dos animes

Esta produção animada foi criada no século XIX e tem ganhado forte espaço na indústria do entretenimento. A animação existe precisamente desde 1868 e foi criada por John Barnes Linett que conseguiu a patente do primeiro Flip Book. Os desenhos mais antigos e conhecidos de animes são Gato Felix, Mickey Mouse, Betty Boop, tais desenhos são populares no Brasil e no mundo.

Os primeiros animes que chegaram ao Brasil na década de 60 encantaram toda a população jovem, e também as crianças. Embora não se sabe qual foi o primeiro anime a ser divulgado no Brasil, alguns animes famosos tomaram as mídias da época, veja abaixo alguns:

  • Homem de aço;
  • Oitavo Homem;
  • Ás do espaço;
  • National kid.

Este último, National kid foi lançado no ano de 1964, no Brasil as produções japoneses são muito famosas e existem até exposições, eventos e cursos para aqueles que desejam aprender este tipo de técnica.

De acordo com a revista Animax Magazine, na época o baixo custo com a divulgação e a forma como foi disponibilizado ao público, ajudou na propagação dos animes em território nacional. Muitos desses animes, fizeram parte da programação de várias emissoras para o público infantil.

Animes na televisão

Os animes e mangás também conquistaram seu espaço no segmento de eventos na década de 80, mas sua conquista maior foi na televisão, a extinta TV Manchete nos anos 80, no Clube da Criança também contribuiu para que os animes fossem largamente propagados no Brasil, a emissora incluiu em sua grade de programação a Patrulha Estelar e o Pirata do Espaço.

Mesmo na TV aberta, ainda hoje encontramos muitos animes, em demais emissoras como a Globo, a TV Cultura, e a Record também exibem vários animes em sua programação. Desde a origem dos animes até hoje, adultos e crianças assistem séries como:

  • Príncipe Suzano e o Dragão de 8 Cabeças (Wanpaku Oji No Orochi Taiji);
  • Sailor Moon;
  • Samurai Shodown: The Motion Picture;
  • Samurai Warriors;
  • Shurato;
  • Star Blazers: The Comet Empire;
  • Star Blazers: The Quest for Iscandar;
  • Superaventuras;
  • The Super Dimension Fortress Macross: Do You Remember Love?;
  • Tetsuwan Birdy Decode (OAV);
  • Voltes V (FIlme);
  • Wanwan Sanjushi;
  • Yu Yu Hakusho.

Todos os animes apresentam conteúdos variados que podem ser comédia, terror, drama, ficção científica, etc. Basta utilizar a criatividade para fazer a criação de um roteiro magnífico. No tempo da origem dos animes até hoje, tornou-se diversificado a forma de criação da animação, atualmente encontramos cartoons, desenhos tirinhas, e animações comuns.

Comumente, a comédia é o gênero mais utilizado na hora de criar roteiros de animes, os Simpsons são um clássico da TV aberta e por assinatura. Logo, é possível perceber animes com temas um pouco mais sérios, como é o caso da Liga da Justiça.

Onde ver animes atualmente?

Graças ao avanço dos serviços de streaming e da internet como um todo, você localiza várias possibilidades para assistir um anime. Empresas como Netflix e YouTube há uma infinidade de animes de todos os gêneros e épocas.

Em sites como o Pousada Nerd, também há como encontrar dicas e sugestões para literaturas antigas e atuais, o mercado de animação no Brasil está evoluindo a cada ano que passa, e os amantes desse tipo de produção podem escolher a melhor forma para se divertir nos finais de semana.

Conclusão…

Para estudar melhor sobre a origem dos animes, conheça os demais conteúdos de nosso blog, somos pioneiros no assunto e fornecemos até dicas de leituras e sugestões de Booktubers para você que quer conhecer esta técnica em detalhes.

Aproveite e faça boa leitura!!!

Carinhosamente
Marcos Mariano

Similar Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comments