O que significa perícia grafotécnica?

Se você veio em busca do significado de perícia grafotécnica, então este conteúdo foi feito para você! Essa profissão tem tido alta demanda e poucos para prestar serviços.

Essa é uma profissão que cresceu nos últimos anos, graças a uma boa remuneração e cursos de formação bem simples. Se você não conhece ainda o que significa esse termo e quer saber mais sobre, leia este artigo até o fim.

O que significa perícia grafotécnica?
O que significa perícia grafotécnica?

O que significa perícia grafotécnica?

Um perito grafotécnico é como chama o responsável por analisar e determinar a veracidade das assinaturas em certos tipos de documentos. Assim, é possível realizar análises isoladas de documentos ou acompanhar todos os trâmites de uma negociação.

A seguir estão algumas das fraudes que podem ser encontradas por um perito grafotécnico:

  • Assinaturas fraudulentas;
  • Escrituras falsas;
  • Cheques adulterados;
  • Entre outras.

O “gesto gráfico” que cada pessoa usa em suas assinaturas é o único meio que permite a análise e identificação do responsável. Como resultado, um perito é apto para avaliar esses traços, ao comparar documentos oficiais e usando outros recursos de precisão para determinar se a assinatura é, de fato, a da pessoa.

Essa perícia surgiu a partir das Leis do Grafismo de Edmond Solange Pellat, que ficou conhecido como o pai da grafoscopia. Em seu livro, Les Lois de L’écriture, ele formulou as quatro leis que regem a Grafoscopia, com base no princípio essencial de que o grafismo é único e indefinível.

Para que serve a Perícia Grafotécnica?

Como dito, o objetivo primordial de uma perícia é garantir a autenticidade ou falsificação das rubricas e assinaturas, bem como determinar se a autoria dos textos e/ou manuscritos é genuína ou não.

Para que serve a Perícia Grafotécnica?
Para que serve a Perícia Grafotécnica?

Uma análise grafotécnica pode ser necessária em diversas situações e processos judiciais. Dê uma olhada em alguns deles:

  • Heranças;
  • Procurações;
  • Contestações e impugnações;
  • Falsificação de assinaturas em cheques ou em outros documentos financeiros;
  • Fraude em atestado médico;
  • Cartas anônimas;
  • Notas promissórias;
  • Processos seletivos (concursos e vestibulares);
  • Dúvidas sobre a validade de assinatura em contratos particulares.
Você pode gostar:  Google Notícias acompanhe todas as notícias do seu interesse

Quem pode fazer a perícia grafotécnica ?

A grafotécnica só pode ser feita por um profissional da área, o perito grafotécnico, como é conhecido.

Apenas eles têm capacidade para usar testes de ordem genética e genérica em lançamentos caligráficos que vêm sendo questionados e usados como marcadores de comparação.

Como é feita uma Perícia Grafotécnica?

O trabalho do perito se divide em duas categorias: extrajudicial e judicial. Quando um perito trabalha em um ambiente não judicial, como quando é contratado por um cliente para examinar uma assinatura, ele está trabalhando em um ambiente extrajudicial.

Por outro lado, ao ser nomeado por um juiz, ele se torna perito do juízo, nesse caso. Porém, é possível que peritos contratados e indicados pelas partes no processo, contrariem o laudo do perito judicial.

Com isso, peritos indicados pela parte, conhecidos como assistentes técnicos, podem apresentar o parecer técnico.

A grafotécnica é possível porque, de acordo com o primeiro princípio fundamental de Edmond Solange Pellat, “A escrita é Individual”. O que significa que é o resultado de estímulos cerebrais responsáveis pelos nossos movimentos e assim criam nossas próprias formas gráficas, tão únicas quanto uma digital.

Logo, não importa o quanto alguém tente copiar a escrita de outra pessoa, será simples identificar as falhas e determinar a falsificação através da perícia.

A qualidade dos traços, o nível de habilidade gráfica, os valores curvilíneos e angulares, são alguns dos fatores que um perito avalia. Além dos momentos gráficos cruciais, como o calibre, comportamento da escrita, ritmo, etc.

Com isso, a grafotécnica pode analisar a construção e formação dos caracteres de qualquer grafia, assim como todos os “maneirismos gráficos” característicos de quem a escreveu.

Laudo Pericial Grafotécnico

Após realizar todos os exames grafotécnicos e receber os resultados, o perito deverá emitir o laudo pericial grafotécnico. O laudo consiste em um resumo de todas as evidências e deve incluir, além das qualificações das partes envolvidas, detalhes sobre o item questionável e os padrões usados.

Você pode gostar:  7 alimentos que influenciam seu estado de espírito

Os detalhes de cada exame feito é a fundamentação para concluir o trabalho.

Conclusão

Viu só qual é o significado da perícia grafotécnica? Trata-se de um exame minucioso feito por um profissional capacitado para determinar se uma assinatura é verdadeira ou falsa! Como cada pessoa possui sua própria assinatura, é impossível copiar 100% igual.

Este trabalho tem se tornado popular devido à grande demanda pelos serviços e sua importância para a sociedade. Caso este conteúdo tenha sido útil para você, não deixe de compartilhá-lo com os seus amigos que também desejam saber mais sobre o assunto!

Aproveite para nos seguir no Google Notícias e ficar por dentro de todas as novidades do site.

Marcos Mariano
Marcos Mariano

Tenho 30 anos e sou apaixonado por jogos, animes, tecnologia, criptomoedas e literatura. Atualmente estudo Marketing Estratégico Digital e mato meu tempo escrevendo qualquer coisa que passe pela minha cabeça.

Artigos: 944

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.