Ao-chan Can’t Study: Resenha EP 01

Resenha #01: Ao-chan não consegue aproveitar a adolescência

Estamos começando uma nova série na Pousada Nerd que é a resenha de episódios individuais tentando capturar todos os momentos das obras. O primeiro animê escolhido foi Ao-chan Can’t Study!

Serão textos bastante curtos falando sobre o cotidiano de Horie Ao já que o animê tem apenas 12 minutos de duração. Isso o torna ótimo para uma rápida e excitante aventura antes de dormir.

O animê está disponível gratuitamente no site da Crunchyroll, nossa maior plataforma de streaming em língua portuguesa, junto à Funimation.

Kijima se declara para Ao-chan
Kijima se declara para Ao-chan

Sinopse: Ao Horie é filha de um autor de ficção, que escolheu seu nome porque A significa “apple/maçã” e O significa “orgia”! Tentando a todo custo fugir de seu legado paternal e entrar numa universidade de prestígio, Ao deixa o romance de lado para se focar nos estudos. Só tem um problema: Kijima, um belo colega de classe, se declarou para a garota! E pra piorar, ela não consegue parar de pensar sacanagem com ele! Parece que fugir da influência do pai não será nada fácil…

O nome Ao Horie é uma junção de amor e orgia, e aqui já começa o caráter cômico do animê.

Ao-chan tenta ignorar sua adolescência usando os estudos

Ao-chan e filha de um desenhista de mangás eróticos que é a perversão pura, e aparente ela herdou isso de seu pai. Aqui já temos o primeiro fato interessante que me faz querer ver essa obra em sua totalidade: o rompimento do clichê da menina nunca ser a pervertida da história.

Horie Ao tenta em vão se esconder atrás dos estudos. Seu foco nos estudos a levam a tirar as maiores notas da turma e ao invés de desviar a atenção para longe dele acabam atraindo ainda mais.

O plano de Horie é passar em uma faculdade renomada o mais longe possível da sua família, o que considerando os acontecimentos desse primeiro episódio parece a coisa mais sensata a se fazer.

Pais podem ser extremamente invasivos

Algo que fica visível desde o primeiro segundo é o quando seu pai é pervertido e invasivo. Logo no primeiro episódio o pai de Horie diz coisas como: “Ela está no cio.” e “O buraco vai ser cutucado.”, além de realizar a “operação peitos para fora” que deixa Ao-Chan de seios expostos na frente de Kijima-kun.

Operação peitos para fora
Operação peitos para fora

Sei que tudo tem um caráter cômico, mas é sempre bom refletir sobre quantas famílias são realmente invasivas a ponto de atrapalhar a intimidades dos filhos ou até mesmo desmotivá-los completamente de tê-las.

Kijima demonstra seus sentimentos por Horie Ao

Para piorar a situação de Horie, Kijima, o cara mais popular e bonito da escola se declara para ela. Aqui temos outra quebra de padrão (da vida e não dos animês ta kkkk), que é o personagem popular se apaixonando pela nerd solitária da escola.

O mais engraçado de tudo isso é que Ao-chan não consegue parar de pensar em sacanagem envolvendo Kijima. Vamos ver como se desenrolam os próximos episódios de perversão e prazeres de Horie Ao.

A Pousada Nerd não consegue parar

Para um primeiro episódio de apenas 12 minutos, a quantidade de coisas que aconteceram e as reflexões geradas superaram e muito as minhas expectativas. Hoje vamos assistir ao segundo episódio e deixar que novas reflexões e prazeres povoem nossas mentes

Se quiser conferir um pouco mais sobre o gênero slice of life, temos um guia completo com explicação e indicações de animes. Te vejo em breve, otaku pervertido.

Carinhosamente
Marcos Mariano

6 comentários em “Ao-chan Can’t Study: Resenha EP 01”

  1. Deus me Free com isso de perversão, até por eu ser uma santa que transpira água benta(valhei-me oh mentiras obscenas) rs
    Não é minha praia rs tá, eu sou mais crua(crua demais) mas mesmo assim, vou guardar a dica com carinho e acompanhar esses devaneios pervertidos!
    Beijo

    Angela

    Responder
  2. Olá Marcos.
    O pai da Ao é mesmo muito invasivo na vida amorosa da filha e este é apenas o primeiro episódio…
    Quem diz que não podemos tirar lições dos animes está muito enganado!
    Beijo

    Responder
    • Olá Sónia ^^

      Apesar de cômico é bastante desesperador, eu ainda não tive tempo de ver o restante dos episódios, mas com certeza o farei.

      Eu acredito que sempre da para tirar algo, independente do gênero da obra.

      Beijos

      Responder
  3. Oh meu Deus, acho que precisarei adicionar na minha lista, cof cof.

    Já vi tantos animes de romance que as vezes fica difícil de achar algum que realmente me interesse e não seja algo que todo mundo vê (Tipo Uta no prince sama).

    Agora estou morrendo de vontade de descobrir como vai ser, e por ter 12 minutos deve facilitar maratonar ele haha.

    Responder
    • Conforme o tempo passa vai ficando cada vez mais difícil encontrar algo que seja diferente. Esse animê é diferente em muitos sentidos então pode ser que você goste. Curti essa inversão do papel de pervertida pra garota ao invés garoto como é o clichê.

      Se quiser ver um romance diferente também, arrisque Tonikawa Over The Moon. É o primeiro animê que eu vejo que mostra a história depois do “foram felizes para sempre”. Não todo animê que consegue começar com um casamento né?

      Obrigado pelo comentário

      Um beijo Senhorita

      Responder

Deixe uma resposta