Quais os objetivos da Tecnologia Assistiva

Tecnologia Assistiva, promovendo a inclusão

A Tecnologia Assistiva refere-se a um conjunto de técnicas, equipamentos e demais métodos que visam melhorar a qualidade de vida e o processo de aprendizado de portadores de necessidades especiais.

Tecnologia assistiva para deficientes visuais

Esse conjunto de recursos e serviços tecnológicos visam a ampliação de habilidades e acessibilidade de indivíduos que tenham algum tipo de deficiência ajudando no processo de inclusão.

Esse campo tecnológico é considerado bastante recente nos últimos anos no Brasil, porém já existe há bastante tempo através de invenções de equipamentos e próteses, por exemplo.

Nas últimas décadas, essa área também passou a compreender o uso da informática e de suas linguagens como importante meio para aprimorar o processo de aprendizado e recebimento de informações por usuários que apresentam algum tipo de limitação.

O principal objetivo, seja com a aplicação tecnológica através de equipamentos ou de serviços e métodos informacionais é a de ajudar indivíduos que tenham algum tipo de deficiência para que eles tenham uma vida mais fácil e com elevada qualidade.

Também busca a inclusão social, a acessibilidade e a mobilidade. Outro fator que está no conjunto de objetivos é a comunicação e o incentivo às habilidades.

Na prática, trata-se de uma área desafiante que tem evoluído bastante nas últimas décadas através de pesquisa, inserção de programas educativos, cursos online e palestras.

Por outro lado, é importante que a sociedade civil e as autoridades tenham amplo conhecimento sobre legislação, direitos e deveres para a melhor aplicação possível desse método tecnológico para melhoria da vida das pessoas com deficiência.

Os avanços da tecnologia assistiva geram grandes benefícios, mas dependem também do apoio de todas as instituições públicas e privadas.

O que é Tecnologia Assistiva?

Essa área tecnológica é considerada recente no Brasil, porém, as suas iniciais “TA” tem sido muito citada em projetos de pesquisa acadêmica e de desenvolvimento de produtos e serviços dedicados ao setor.

A TA precisa ser reconhecida como um campo atrelado ao conhecimento que desenvolve o conjunto de práticas, métodos, ferramentas, metodologias, serviços, produtos e estratégias que procuram elevar a qualidade de vida de pessoas que possuem necessidades especiais e plena demanda por maior participação, inclusão social, autonomia e bem-estar.

O grande foco também é ampliar o nível de independência ajudando as pessoas a superarem suas incapacidades e limitações.

No desenvolvimento da TA precisamos de diferentes profissionais de diferentes áreas que possam trabalhar em várias frentes de desenvolvimento de equipamentos, pesquisas e aplicações tecnológicas.

Dependendo do avanço tecnológico temos vários campos de conhecimento que podem partir da psicologia à engenharia, com versatilidade e inovação na dedicação de cada profissional.

Estamos falando de uma área tecnológica que merece ser de grande conhecimento por parte da sociedade e de investidores no setor.

Quando falamos dos recursos da TA nos referimos a todos os tipos de itens que podem ser fabricados em série, sob medida ou especializado para cada quadro de necessidade.

O foco de cada projeto é aumentar, manter ou melhorar as capacidades funcionais do indivíduo. Por outro lado, os serviços se dedicam a melhorar processos de seleção, compra e utilização dos recursos.

Tecnologia assistiva para surdos

O conjunto de técnicas e de métodos dedicados para os portadores de necessidades especiais visam melhorar o nível de audição ou de interpretação do ambiente.

Atualmente, é possível escutar o choro do bebê através de alarmes digitais a serem percebidos por pessoas que possuem algum grau de deficiência auditiva.

Atualmente, existe o aplicativo Charter Baby, ele permite gerar aviso sonoro e visual para ajudar a identificar o tipo de choro, podendo ser de fome, dor ou irritação.

Esse tipo de aplicativo consegue rodar algoritmos que utilizam inteligência artificial.

Também existe um jornal específico, o Primeira Mão, um periódico semanal bilíngüe feito para a TV, em português e na Língua Brasileira de Sinais (Libras), que resume as principais notícias do Brasil e do mundo. Produzido pela TV INES, do Instituto Nacional de Educação de Surdos.

Tecnologia assistiva para cegos

A TA também se dedica a melhorar a vida dos portadores de necessidades especiais. Seja para pessoas com cegueira total ou visão subnormal, existem equipamentos e serviços que atuam para melhorar a vida cotidiana do indivíduo.

As pessoas podem usar desde o braile até softwares de ampliação de tela, incluindo lupas eletrônicas e teclados com letras ampliadas. 

Os indivíduos com deficiência visual também podem ser auxiliados com o OCR, um tipo de reconhecimento óptico de caracteres que, através de um scanner, consegue converter para o formato digital o texto que antes existia somente no papel.

Posteriormente, o material digitalizado pode ser convertido em áudio, ajudando a transferir o conteúdo de livros, jornais e revistas, incluindo de fotografias.

O uso da tecnologia assistiva também permite a superação de privações sensoriais, sejam elas auditivas ou visuais através do uso do computador. Dessa forma, o indivíduo conta com:

  • Teclados modificados;
  • Mouses adaptados com acionadores diversos;
  • Recurso de reconhecimento de voz;
  • Impressoras em braile;
  • Softwares que captam o movimento da cabeça, dos olhos e entendem como comandos.

Tecnologia assistiva na educação

Na área educacional, esse tipo de tecnologia busca oferecer conhecimentos e informações para a formação de processos de pesquisa, aprendizado e desenvolvimento em instituições públicas e privadas especializadas para a atenção de pessoas com deficiências.

O grande objetivo é atender indivíduos que possuem algum tipo de limitação ou necessidade especial com a aplicação de recursos e serviços direcionados.

Tecnologia assistiva nas escolas

No Brasil, esse nível tecnológico tem sido cada vez mais implementado nas escolas especiais do Brasil. Considerando o ensino regular, todos os alunos especiais devem freqüentar a escola e participar de processos de aprendizado em salas de aula.

Outro exemplo de tecnologia assistiva para deficientes visuais

Esse dever está previsto na Lei Brasileira de Inclusão, considerando todas as áreas de conhecimento dedicadas para incluir e promover pessoas com deficiência, incapacidades ou mobilidade reduzida.

Tecnologia assistiva no lazer

A aplicação da TA também é bastante oportuna no setor de lazer e entretenimento.

Pode ajudar o indivíduo a reconhecer formas, sonoridades e informações visuais dependendo do nível de deficiência de cada um para atividades que visam ser praticadas para o lazer, como possibilitar acompanhar amigos e familiares numa caminhada no parque, compreender um filme que esteja passando no monitor e entre outras possibilidades.

Seja para a educação, trabalho e tratamento, a TA se faz presente para a Fisioterapia, Terapia ocupacional, Fonoaudiologia, Educação, Psicologia, Enfermagem, Medicina, Engenharia, Arquitetura, Design e outras áreas.

Conclusão

Portanto, o desenvolvimento e aplicação dessa tecnologia é bastante oportuna para melhorar a acessibilidade e a qualidade de vida do indivíduo.

Sabemos que existem diferentes necessidades especiais que podem interferir no processo de desenvolvimento, aprendizado e de criação de soluções para a vida de cada um.

É uma área tecnológica muito importante para o setor educacional, podendo oferecer recursos e serviços específicos para a escola e centros de educação.

Sendo assim, a TA oferece base e apoio especializado para garantir a aprendizagem de todos. Por se tratar de um campo que envolve conhecimento interdisciplinar podemos contar com metodologias, estratégias, práticas e serviços para melhorar e ampliar a qualidade de vida das pessoas.

Atualmente, em todo o mundo existem iniciativas que apóiam a criação de recursos tecnológicos e serviços dedicados para portadores de necessidades especiais.

Seja no Brasil ou no Mundo, precisamos sempre apoiar esse tipo de iniciativa tecnológica para a melhoria da qualidade de vida das pessoas e para a plena obediência aos direitos e deveres da pessoa com deficiência para o setor profissional, educacional e também para o lazer.

Carinhosamente
Marcos Mariano

One thought on “Quais os objetivos da Tecnologia Assistiva

Deixe uma resposta