Pular para o conteúdo

Como os animes são feitos?

Se você está lendo isso, é mais que provável que você ama algum anime. Anime é um tipo de mídia que pode ser consumido por qualquer pessoa, afinal é algo feito para todas as idades, com gêneros extremamente variados, o que traz uma quantidade de oportunidades para histórias, morais e ensinamentos diferentes a cada anime apresentado ao público. Se você gosta de situações cotidianas e engraçadas, então Slice of Life é feito para você, mas se você gosta de suspense, mistério e muito sangue, talvez um anime de terror seja o mais recomendado. Desde animes para crianças até animes complexos que precisam que seu telespectador confira mais de novecentos episódios para compreender todo o enredo, existe um anime correto para todo tipo de pessoa.

Como os animes são feitos?

Mas, enfim, como seriam essas obras produzidas? Será que existe um processo muito diferente do que os desenhos animados em 2D possuem? Os animes, na realidade, nasceram com inspiração dos desenhos animados americanos, portanto em animes antigos dos anos 50, 60, 70 e 80, é possível claramente ver uma semelhança entre temas, estética e animação dos animes com animações americanas, porém isso foi mudando com o passar do tempo e anime se tornou, rapidamente, algo completamente novo e original, tanto que muitas pessoas não reconhecem que eles tomaram inspiração de desenhos animados americanos e não ao contrário.

A produção de um anime pode ser muito mais complexa do que muitos pensam. Os animadores, coloristas e desenhistas trabalham arduamente em uma agenda cheia para completar os projetos para estúdios de animação japonesas. Sendo assim, se você é um fã curioso para descobrir sobre o processo de produção de seu anime favorito, iremos detalhar um pouco mais sobre ele nesse artigo.

Você pode gostar:  5 Manhwas Isekai com Protagonista feminina — Apenas um fã de animes isekai

Entenda um pouco mais sobre a processo de produção dos animes

Para compreender como funciona o processo de produção de um anime, devemos notar que toda animação passa por três etapas antes de ser enviada para passar na TV ou ser transmitida em um serviço de streaming como o Crunchyroll ou a Netflix. Essas etapas são compostas das seguintes coisas:

  • A pré-produção que precisa do planejamento junto do diretor, estúdio, animadores, novelistas ou mangakas, caso a obra for uma adaptação de um mangá;
  • A segunda etapa da pré-produção onde é feito uma análise de produção de script junto dos escritores, é feito um planejamento com coloristas e designers, além de um alinhamento de tarefas para os artistas de fundo que fazem as artes de fundo do anime;
  • Todo esse planejamento é passado, ainda na pré-produção, para os diretores de episódio, que fazem o episódio real no fim dessa etapa para que a equipe possa passar para a produção real;
  • A etapa de produção onde animadores, designers e diretores trabalham juntos;
  • A etapa de pós-produção onde existe a adição de efeitos finais, sons, música e etc, além da dublagem para inglês, português e outras línguas.

Tendo isso em mente, vamos detalhar um pouco mais sobre o processo de cada uma dessas etapas. Elas são bem mais complexas do que muitos imaginam. Um anime pode levar anos para ser completo de fato por uma equipe, contanto que os profissionais tentem oferecer o melhor para a animação.

Pré-produção

Tão importante quanto a produção em si, é durante a pré-produção que a base de um anime é feita. Sem o planejamento e coordenação não é possível tornar um projeto como esse em realidade. O processo em si pode diferenciar muito, pois quem leva a ideia ao mundo pode ser um estúdio de anime ou um autor de um mangá, por exemplo. A equipe de produção irá reunir seus colaboradores para discutir a possibilidade de criação de um anime através de um conceito apresentado pelo estúdio ou por um autor, sendo que muitos animes são adaptações de mangás.

Você pode gostar:  Boruto | Detalhes sobre o novo tema de encerramento são revelados

Por ser algo com um investimento muito alto, a decisão de realmente fazer um anime depende muito da quantidade de dinheiro e tempo necessário para sua produção. Segundo constam alguns dados, a produção de um anime é, na verdade, de menor custo do que o custo utilizado para passar o anime na TV. Ao contrário do Ocidente, as pessoas no Japão usam ainda muito a televisão para consumir anime, pois é algo normal de se ver em sua TV aberta. 

Sendo assim, os estúdios precisam comprar direitos para ter um lugar para passar o anime e, desde a pré-produção, isso já é considerado. Segundo os dados indicam, um episódio durante a noite, por exemplo, pode depender de 50 mil yen sendo investido. É por conta disso que muitos animes, atualmente, estão sendo lançados apenas por meio de plataformas de streaming.

Produção

A produção se inicia depois da decisão de realmente seguir com o conceito. Nela o maior ponto seria a animação, que costuma ser feita de duas formas: tradicionalmente no papel ou usando programas de computador para criar animações em 2D. O Japão ainda considera as animações em papel muito mais eficientes que animações por meio do computador, pois permitem mudanças de última hora e são uma opção ótima para a agenda cheia dos desenhistas das equipes. Antes da animação, o rascunho inicial é feito para que então os animadores aplicam os frames da animação. Os fundos dos animes também são feitos especificamente por artistas de fundo, então as animações de personagens são aplicadas por cima desses cenários.

Pós-produção

Essa é a última etapa da criação de um anime, sendo que ela consiste em revisar tudo que foi produzido para que haja total certeza de nenhum erro, apesar de pequenos erros podem ser vistos em vários animes, e para adicionar os toques finais como efeitos, música, som geral, vozes nos personagens, conferir se a fala está de acordo com a animação da boca dos personagens e mais. Essa fase também é onde a dublagem para países fora do Japão é feita. A pós-produção é muito importante para um anime, pois é ela que permite sua qualidade precisa e coerente durante todos os episódios. A maioria dos animes não vai ao ar até que todos os episódios sejam animados, pelo menos de uma temporada.

Você pode gostar:  Classroom of The Elite e Jujutsu Kaisen disputam o hype de 2022

Aproveite para nos seguir no Google Notícias e ficar por dentro de todas as novidades do site.

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.