Investir em Criptomoedas no Mercado Pago: Vale a pena?

O Mercado Pago tem se tornado um dos principais bancos e carteiras digitais da América Latina, além de facilitar o recebimento de pagamentos do Mercado Livre, agora você também pode investir em criptomoedas no Mercado Pago. 

Vejamos como funciona este novo serviço e se vale realmente a pena fazer investimentos pela plataforma.

Como Investir em criptomoedas no Mercado Pago - Vale a pena
Investir em Criptomoedas no Mercado Pago: Vale a pena?

As criptomoedas e o Mercado Pago

Para atrair novos clientes, a plataforma já permitia investimentos em CDI, um título de crédito que hoje rende um pouco mais que a poupança.

Entre os anos de 2020 e 2021, a plataforma de pagamentos do Mercado Livre entrou nesse mercado para aceitar a compra, venda e custódia de recursos no formato de moedas digitais ou criptomoedas.

Dentre as plataformas ou carteiras digitais básicas existentes na internet brasileira e internacional, a do Mercado Pago foi uma das primeiras a entrar nesse mercado e abrindo competição com as corretoras de criptomoedas.

​Como abrir uma conta no Mercado Pago?

O Mercado Pago é uma plataforma que funciona para receber pagamentos, depósitos (com número de conta), emitir boletos, ser utilizada em loja virtual para pagamentos, realizar transferências e demais recursos, é bem similar a outras plataformas como o PagSeguro e Picpay.

Para investir em criptomoedas no Mercado Pago, é preciso abrir uma conta na plataforma. 

O procedimento é bem simples, clicando no link abaixo, você será direcionado a página para baixar o aplicativo:

Agora, abra o aplicativo e clique em “Abrir uma conta”. A partir daí, basta preencher o formulário com seus dados pessoais como o número do RG, CPF e demais dados para cadastro com validação de e-mail para uso da conta.

A conta também pode ser acessada pelo PC.

Você pode gostar:  DARF: o que é e para que serve!

No caso do uso do celular, a utilização do aplicativo é bastante inteligente, permitindo ao usuário pagar contas, emitir boletos e fazer compras e investir em criptomoedas.

Investir em criptomoeda no Mercado Pago

Investir em Criptomoedas no Mercado Pago - Aplicativo
Investir em Criptomoedas no Mercado Pago – Aplicativo

Agora, na página inicial do aplicativo, o usuário tem a sua disposição a opção “Cripto”, que permite investir em três tipos de criptomoedas: 

  1. Bitcoin (BTC);
  2. Ethereum (ETH);
  3. e a Stable Coin (USDP – Paxos).

De acordo com notas divulgadas pela empresa, a tendência é disponibilizar em breve, outros tipos de moedas digitais para quem deseja investir em criptomoedas no Mercado Pago.

Mesmo que o número de criptomoedas para o cliente seja limitado, o cliente cadastrado no Mercado Pago poderá investir em moedas digitais com valores a partir de R$ 1 real.

A partir daí, a própria plataforma do Mercado Pago ajuda no processo de negociação das moedas digitais e oferece todo o suporte pelo próprio app.

E as taxas cobradas?

Assim como as demais operadoras de câmbio, o Mercado Pago também cobra taxas para investimentos envolvendo transações de criptomoedas. 

Ao investir em criptomoedas no Mercado Pago, é cobrado uma taxa de 2% sobre qualquer tipo de transação 

Este é um percentual razoável quando comparamos com outros serviços similares de outras exchanges mais tradicionais no mercado financeiro.

Neste quesito, vale a pena investir alguns reais em criptomoedas utilizando a plataforma.

O indicado que o usuário avalie os valores das taxas cobradas pelo Mercado Pago e as compare com as taxas cobradas por outros bancos digitais e corretoras dedicadas à transação de criptomoedas (referidas como exchanges).

Geralmente, há duas tarifas obrigatórias a serem pagas em qualquer transação:

  1. A “taxa maker” – reconhecida por ser mais barata e por não ser aplicada na hora da transação;
  2. e a “taxa taker” – considerada como a mais cara e aplicada no ato da transação.
Você pode gostar:  Veja 4 atitudes para melhorar suas finanças

Esse mercado tem sido cada vez mais acessível para jovens e experientes investidores.

Quando falamos nas exchanges ou plataformas que armazenam e simplificam as transações com moedas digitais ( e com as quais o Mercado Pago pretende competir) podemos citar o portal Mercado Bitcoin que cobra tarifas de 0,25% a 0,70% para “taker” e de 0,015% a 0,30% para “maker” sobre o volume negociado.

Em outra corretora ou exchange, a Binance oferece um desconto quando o usuário utiliza criptomoeda nativa da corretora, com taxa de 0,02% (maker) a 0,10% (taker). 

A Binance é uma corretora internacional que busca padronizar a negociação através de BUSD lastreando o valor em dólar.

Ao avaliar a possibilidade de investir em criptomoedas no Mercado Pago, a plataforma de pagamentos do Mercado Livre oferece taxas mais altas e limita o uso do volume de criptomoedas.

Fique atento ao gas fees

Ao realizar diferentes tipos de transações ou ofertas de produtos digitais precificados em criptomoedas, o usuário ainda poderá ter que pagar taxas de gas fess ou taxas de rede.

No caso do bitcoin, o gas fees costuma ser mais baixo, com valor de R$ 8,00 reais em média. Porém, o ethereum, considerada como a segunda maior criptomoeda de todo o mundo cobra gas fees de R$ 100, sendo a mais cara entre desenvolvedores e programadores.

Investir no Ethereum pelo Mercado Pago

Para o usuário que pretende usar Ethereum em sua conta digital no Mercado Pago, vale a pena considerar essa moeda pois a plataforma não cobra taxas adicionais mais caras como ocorre com as operadoras de moeda digital, porém, é importante sempre consultar as condições.

Outras moedas digitais

Caso o usuário decida comprar outras criptomoedas como a USDP da Paxos para depositar no Mercado Pago, por enquanto não é um bom negócio. 

Você pode gostar:  Três criptomoedas para te dar controle financeiro

A USDP serve para reduzir custos com procedimentos de negociação entre moedas digitais, o que ainda não é possível dentro do Mercado Pago.

Conclusão

Para novos investidores que ainda não sabem acessar exchanges como o Mercado Bitcoin, investir em criptomoedas no Mercado Pago pode ser uma opção mais simples, especialmente para quem quer apenas comprar e vender as principais criptos do mercado.

Aplicar em Criptomoedas no Mercado Pago
Aplicar em Criptomoedas no Mercado Pago

O Mercado Pago apresenta interface intuitiva e que permite começar com a compra e investimentos de pequenas quantias. 

Por outro lado, o painel de acesso das exchanges costumam ser mais técnicos e menos atrativos para usuários comuns.

Portanto, é importante começar a investir em criptomoedas no Mercado Pago de maneira gradual, até pegar o jeito.

Para volumes maiores de moedas digitais, os exchanges são mais atrativos para investidores que querem realizar investimentos mais constantes e com abordagem mais técnica.

Gostou? Pretende experimentar a plataforma? Então, deixe a sua opinião abaixo e não deixe de conferir os demais conteúdos em nosso site, a cada semana um novo conteúdo sobre este incrível mundo das criptomoedas!

Carinhosamente
Marcos Mariano

Imagem padrão
Marcos Mariano

Tenho 30 anos e sou apaixonado por jogos, animes, tecnologia, criptomoedas e literatura. Atualmente estudo Marketing Estratégico Digital e mato meu tempo escrevendo qualquer coisa que passe pela minha cabeça.

Artigos: 920

Atualizações da newsletter

Digite seu endereço de e-mail a seguir para assinar a nossa newsletter

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.